• Rua Fúlvio Aducci, 736 – Estreito – Florianópolis – SC
  • (48) 3244.6691 / (48) 3348.5119
  • Segunda a Sexta: 9h às 19h / Sábado: 9h às 13h

img-485330-espelhos20130220181361394374 Os espelhos podem mudar completamente a decoração e são capazes de aumentar e até reduzir espaços. As arquitetas Jóia Bergamo e Daniella de Barros dão dicas de como usar os espelhos em diversos ambientes.

Planejar estrategicamente a disposição dos espelhos na decoração resulta no aumento ou redução de espaços da casa. “Eles podem ser colocados em todos os ambientes, mas é importante usá-los com bom senso para que não haja efeito contrário do esperado, já que o espelho exerce bastante influência no ambiente”, diz Jóia Bergamo, arquiteta.

1. Ambientes pequenos
Para locais menores, como banheiros, salas de estar ou hall, coloque o espelho em uma das paredes. “Eles podem ser usados de duas formas: na parede toda, você consegue dar impressão de que o ambiente dobrou de tamanho; ou em apenas uma parte da parede, colado diretamente nela”, diz Jóia. Fique atento também à posição antes de fixá-lo. “Para aumentar o ambiente, os espelhos podem ser aplicados na vertical ou horizontal, desde que estejam em um ângulo reto de 90 graus com o piso”, diz Daniella de Barros, arquiteta.

2. Ambientes grandes
Em lugares maiores, abuse da criatividade, já que não é necessário pensar em maneiras de ampliar o local. “Os lugares estratégicos para a aplicação do espelho são hall de entrada, sala de jantar, closets e porta de armários em quartos e banheiros”, diz Jóia. Caso queira reduzir o espaço, Daniella recomenda a aplicação com ângulo menor. “Para diminuir, reduza o ângulo de 90 graus com o piso. Espelhos com muitas divisões também dão a sensação de redução”, afirma.

3. Menos é mais
Evite exageros. “Tenha cautela na decoração, pois se o uso for exagerado nas paredes ou nos objetos, podemos perder a referência de onde estamos e acabar ficando visualmente desconfortável”, diz Daniella.

4. Estilos de espelhos
Variedades de cores e acabamentos não faltam. Por isso, escolha o que combina com o restante da decoração. “Existem diversos estilos de espelhos com inúmeros acabamentos, cores e películas, que permitem sair do óbvio, como o espelho prata”, diz Jóia. Ela aconselha a aplicação em paredes ou como revestimento de móveis e armários. “Apenas tome cuidado para não utilizar em excesso ou em locais desfavoráveis, pois o resultado pode ser desastroso!”, alerta. Fique atento à qualidade do produto antes de comprar. “Escolha as marcas que tenham garantia contra manchas e outros inconvenientes”, diz Daniella.

5. Altura ideal
Nem muito baixo, nem muito alto. O espelho precisa ficar exatamente onde você consiga se ver sem esforço. “Ele deve estar em uma altura média, entre 1.40m a 1.80m”, diz Jóia.

6. Preze a harmonia
Busque orientação de um profissional para dispor os móveis e demais objetos decorativos em equilíbrio com o ambiente. “Os espelhos auxiliam também na claridade do ambiente. Para que haja a sensação de amplitude, leveza e tranquilidade, o indicado é que a colocação das peças esteja alinhada a um projeto de interiores”, diz Daniella.

(Fonte: http://goo.gl/RfjS11)

0